30 março 2008

Leituras

Meu amigo fez uma pergunta enfática, aliás, esse é um hábito dificil de abandonar, sempre perguntar ao amigo sobre o que ele está lendo, no caso em apreço, a pergunta assume um tom maior, porque meu amigo sempre tem boas dicas acompanhadas, invariavelmente, de um comentário inteligente. Resignado, respondo de forma lacônica, além de jogos, estudo a matemática dos hiperplanos separadores, nada comovente, para quem esperava uma dica surpreendente, não consigo repetir as boas práticas, mas adianto que não consigo ler relatório do bacen, página de política da fsp, noticiário local sobre cpis, discurso da nossa majestade, noticias do grêmio, qualquer um, revistas de celebridades, o caderno de economia do jornal local, qualquer um, blog dos radicais, articulista engajado, o verissimo e seus equivocos econômicos, qualquer noticia sobre a américa latina e a sua eterna sindrome da esquerda populista e autoritária, desculpas pela redundância, editoriais de revistas, a reportagem de capa das nossas revistas semanais, o caderno dois, enfim, noticiário econômico, entrevistas de acusados e de acusadores sobre o próximo escâncalo, páginas policiais, obtuários...Como podes perceber meu amigo, a leitura anda parca, mas ainda tenho esperanças de participar de um novo tempo no qual abrir jornais e revistas será um ato de glórias e não de heroísmos, enquanto isso, voltei, ia esquecendo-me, a estudar teoria das filas.

3 comentários:

rafael disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diego da Silva Rodrigues disse...

Olá, professor;

Uma humilde dica: Revista Piauí.


Abraço.

Anaximandros disse...

oi Diego, obrigado pela dica, importante, nesse momento de obscurantismo, encontrar uma revista qeu respeita a integridade do leitor. abraco.